Dois policiais morrem em explosão de mina na Turquia

Dois policiais turcos morreram e um ficou ferido na explosão de uma mina supostamente colocada por milicianos do rebelde Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK) no sudeste do país, informou a agência de notícias "Anatólia".A bomba explodiu hoje durante a passagem de um veículo da Polícia por uma estrada da província de Tunceli.Por outro lado, a agência informa da explosão na noite de sábado de uma bomba colocada em um contêiner de lixo em frente a uma sala de internet em Istambul, o que causou ferimentos em cinco pessoas, incluindo dois cidadãos argelinos.Nenhum grupo assumiu a autoria dos dois atentados, mas as autoridades atribuíram dezenas de ataques similares ao PKK, que pegou em armas em 1984 para exigir a autodeterminação dos cerca de 12 milhões de curdos turcos.Mais de 37 mil pessoas morreram na guerra não declarada entre o PKK e as forças de segurança até que, em 1999, o líder desta organização, Abdullah Ocalam, foi detido pelos turcos.Em 2004, após cinco anos de trégua unilateral declarada pelo PKK, os enfrentamentos foram retomados e se intensificaram no ano passado no sudeste do país.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.