Dois prefeitos são assassinados na Colômbia

Guerrilheiros esquerdistas mataram dois prefeitos de cidades no sudeste da Colômbia. Os políticos haviam se reunido com os rebeldes para negar que fossem ligados a grupos paramilitares de direita. Orlando Hoyos e Jaime Zambrano foram assassinados depois de manter negociações com o principal grupo armado colombiano, as Farc, disse o general Jorge Enrique Mora.Hoyos, prefeito de Bolívar, voltava da reunião quando seu comboio foi emboscado, disse o governador de Cauca, Floro Alberto Tunubala. O general Mora disse que outro grupo de esquerda, o ELN, matou Zambrano, mas não entrou em detalhes. As Farc e o ELN vêm realizando operações conjuntas.Pelo menos 30 prefeitos e 60 vereadores foram mortos nos últimos três anos, segundo a Federação dos Municípios da Colômbia.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.