Dois soldados, criança e pastor batista mortos no Iraque

Mais dois soldados americanos foram mortos no Iraque, em ataques com bombas na passagem de seus comboios. Militares dos EUA também informaram que um pastor batista americano foi morto e três outros ficaram feridos numa emboscada no sábado, ao sul de Bagdá. Uma granada explodiu nesta segunda-feira numa escola do ensino fundamental em Bagdá, matando uma criança e ferindo outras quatro. As crianças aparentemente brincavam com o explosivo encontrado numa lata de lixo, segundo a polícia.Com as últimas baixas, subiu para 540 o número de militares dos EUA mortos desde que o presidente George W. Bush lançou a guerra contra o Iraque em março. A maioria morreu depois que Bush declarou encerrada a fase principal de combates, em 1º de maio.Na emboscada de sábado, pistoleiros abriram fogo contra um táxi levando americanos de um grupo batista. O reverendo John Kelly, 48 anos, foi morto e três outros pregadores ficaram feridos. Segundo a família, Kelly havia partido dos EUA com a intenção de fundar uma Igreja Batista em Bagdá.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.