Dois soldados da Otan morrem no Afeganistão

Dois soldados da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) foram mortos em ataques separados no sul e no leste do Afeganistão, nas últimas 24 horas, informaram os militares da aliança hoje. Com isso, subiu para 184 o número de soldados da Otan mortos no país em 2010.

AE, Agência Estado

07 Maio 2010 | 13h57

Um deles morreu em um ataque insurgente, enquanto o outro foi vítima de bala perdida, informou a Otan, sem citar a nacionalidade das vítimas.

Há cerca de 130 mil homens das tropas estrangeiras no Afeganistão, que sofre com a insurgência do Taleban. O grupo extremista foi deposto do poder pela invasão liderada pelos Estados Unidos no país.

Mais de dois terços do soldados da Otan no país são dos EUA. Em 2009, 520 soldados estrangeiros morreram no Afeganistão, fazendo deste o ano mais violento desde a queda do Taleban, no final de 2001. As informações são da Dow Jones.

Mais conteúdo sobre:
Afeganistão guerra Otan mortes

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.