Dois soldados dos EUA são mortos no Iraque

Dois soldados americanos morreram naquarta-feira em Bagdá e na província de al-Anbar, em ataques da insurgência, aumentando para 12 o número de mortes entre terça e quarta-feira, anunciou nesta quinta-feira o Exército americano. Segundo um comunicado do comando militar, um soldado morreu quando vários insurgentes atacaram seu comboio com armas leves, no sul de Bagdá. O outro não resistiu aos ferimentos sofridos numaação hostil quando participava de uma operação em al-Anbar, reduto da insurgência árabe sunita. Em outro comunicado, o comando militar das tropas multinacionais informou que as forças da coalizão foram atacadas com armas leves ao sul do Rio Eufrates, em Jalidiya, 80 quilômetros a oeste deBagdá. Após o ataque, as forças da coalizão trocaram tiros com vários insurgentes que se abrigavam num edifício, que depois foi destruído,diz a nota. O ataque terminou sem vítimas entre os soldados. Não há informações sobre baixas entre civis e insurgentes. Já são 2.777 os soldados americanos que morreram no Iraque desde março de 2003, quando começou a invasão e posterior ocupação dopaís.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.