Dois soldados iraquianos e um americano morrem em ataques

Pelo menos dois soldados iraquianos e um americano morreram, neste domingo, em dois atentados separados na província de Salah Edin, ao norte de Bagdá, segundo fontes do escritório de cooperação conjunta americano-iraquiano. As fontes afirmaram que os soldados iraquianos morreram e outros dois ficaram feridos ao serem atacados por homens armados, que viajavam em dois veículos na estrada entre as cidades de Biyi e Tikrit, 180 quilômetros ao norte da capital. Os insurgentes atiraram contra os quatro agentes, enquanto estes se dirigiam a Tikrit, para começar seu novo trabalho na sede da quarta infantaria do Exército iraquiano na cidade, explicaram as mesmas fontes. Outro ataque Em outro fato separado, um soldado americano morreu ao ser atingido a tiros por insurgentes na cidade de Duluyia, 100 quilômetros ao norte de Bagdá. No entanto, a morte do soldado não foi confirmada ou desmentida pelo comando militar dos Estados Unidos. No mesmo incidente, pelo menos seis civis iraquianos ficaram feridos quando as tropas americanas responderam ao ataque com disparos de tanques. As vítimas foram levadas a um hospital próximo, enquanto as tropas americanas fecharam todas as ruas que levavam ao local do incidente.

Agencia Estado,

05 Março 2006 | 17h16

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.