Dois terços dos britânicos sentem-se enganados por Blair

Dois terços dos britânicos acreditam que o primeiro-ministro Tony Blair os enganou ao apresentar seus argumentos para justificar a guerra contra o Iraque, de acordo com uma pesquisa publicada nesta segunda-feira. A sondagem do instituto ICM, encomendada pelo jornal The Daily Mirror, constatou que 66% dos entrevistados pensam que Blair enganou o povo para explicar a guerra contra o Iraque. Apesar de 39% das pessoas acreditarem que Blair errou inadvertidamente, 27% acham que o primeiro-ministro sabia que estava mentindo. O instituto ICM entrevistou 1.012 adultou nos dias 11 e 12 de julho. A margem de erro é de três pontos porcentuais.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.