Dois terremotos atingem a região da Papua na Indonésia

Com magnitudes de 6,4 e 7,0 na escala Richter, os tremores não causaram dano nem deixaram vítimas

Efe

16 de junho de 2010 | 02h19

Dois terremotos com magnitudes de 6,4 e 7,0 na escala Richter atingiram nesta quarta-feira, 16, a região de Papua, no extremo oriental da Indonésia, sem causar vítimas nem danos materiais, informou o Serviço Geológico dos Estados Unidos.

 

O primeiro abalo aconteceu às 12h06 pelo horário local (0h06 em Brasília), a 151 quilômetros a norte da localidade de Enarotali e 467 a quilômetros a oeste da capital papuana de Jayapura, com epicentro a 25 quilômetros de profundidade sob o nível do mar.

 

Treze minutos depois, outro movimento, de magnitude 7,0, foi registrado 30 quilômetros a norte do primeiro. Porém, de acordo com o Centro de Alertas de Tsunami do Pacífico, a magnitude deste movimento foi de 7,4, mas descartou a possibilidade de uma Tsunami.

 

A Indonésia está localizada sobre o chamado "Anel de Fogo do Pacífico", uma zona de grande atividade sísmica e vulcânica que é atingida por cerca de 7 mil tremores ao ano, a maioria de pouca magnitude.

 

Em 26 de dezembro de 2004, um terremoto de magnitude 8,9 sacudiu a ilha de Sumatra e provocou um tsunami que semeou a destruição em mais de dez países banhados pelo Oceano Índico, causando a morte a mais de 226 mil pessoas.

Tudo o que sabemos sobre:
Terremoto, Indonésia, Papua

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.