Dois terremotos atingem o sul da Califórnia em menos de 24 horas

Tremores causaram desabastecimento de água, rachaduras em prédios e evacuações em Los Angeles

O Estado de S. Paulo,

29 de março de 2014 | 21h17

Um terremoto de magnitude 4,1 sacudiu parte do sul da Califórnia neste sábado, 29, um dia depois de um terremoto de 5,1 atingir a mesma região, causando desabastecimento de água, rachaduras em prédios e evacuações ao redor da área em Los Angeles.

Mais de cem tremores secundários também ocorreram nos últimos dois dias. O terremoto de ontem foi o mais intenso registrado na cidade desde 2008.

Mais de 80 pessoas ficaram desalojadas. Em Fullerton, muitas ainda aguardavam a visita de inspetores de construção para checar a situação de suas casas e apartamentos, que só poderiam voltar a ser habitadas após autorização.

O sul da Califórnia passou por uma calma sísmica desde o devastador terremoto de 6,7 de magnitude, de 1994, que deixou dezenas de mortos e danos de US$ 25 milhões. / AP e REUTERS

Tudo o que sabemos sobre:
EUAterremotoLos AngelesCalifórnia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.