Erin Scott/EFE/EPA
Erin Scott/EFE/EPA

Donald Trump mentiu 16.241 vezes nos últimos três anos, diz jornal

Presidente americano teria dado, em média, 22 declarações falsas por dia em 2019

Redação, O Estado de S.Paulo

21 de janeiro de 2020 | 05h00

Três anos após a posse, o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, já fez 16,2 mil alegações falsas ou enganosas, de acordo com o serviço de checagem do jornal Washington Post, divulgado ontem. 

No primeiro ano de mandato, ele mentiu 1.999 vezes. Em 2018, esse número foi acrescido de outras 5.689 declarações inverídicas, totalizando 7.688. No ano passado, o presidente fez 8.155 alegações falsas. 

De acordo com o jornal, isso quer dizer que, em um único ano, o presidente americano deu mais declarações falsas ou enganosas do que o número total de mentiras que ele havia contado nos dois anos anteriores. 

Em média, segundo dados do Washington Post, Trump deu seis declarações falsas por dia, em 2017, quase 16 por dia, em 2018, e 22 por dia, no ano passado. Até ontem, no placar geral, o presidente somava 16.241 mentiras. Trump ainda tem 366 dias até o fim do mandato – ele vai concorrer à reeleição em novembro. /WP

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.