REUTERS/Mass Communication Specialist 3rd Class Nathan R. McDonald/U.S. Navy
REUTERS/Mass Communication Specialist 3rd Class Nathan R. McDonald/U.S. Navy

Drone iraniano cria perigo de colisão com avião dos EUA no Golfo

Incidente aconteceu no espaço aéreo internacional quando o Super Hornet F/A-18E se preparava para pousar no USS Nimitz

O Estado de S.Paulo

08 Agosto 2017 | 18h51

WASHINGTON - Um drone iraniano se aproximou a cerca de 30 metros de um avião naval americano com o qual esteve a ponto de colidir no momento em que a aeronave tentava pousar em um porta-aviões no Golfo, informou a Marinha americana nesta quarta-feira, 8. 

O incidente aconteceu no espaço aéreo internacional quando o Super Hornet F/A-18E se preparava para pousar no USS Nimitz, informou o comandante Bill Urban, porta-voz do Comando Central das Forças Navais dos Estados Unidos.

Urban assegurou que, apesar dos repetidos alertas por rádio, o drone iraniano realizou mudanças de altitude inseguras e pouco profissionais perto do F/A 18.

O avião americano teve de manobrar para evitar a colisão com o drone passando a apenas 30 metros de distância.

A fonte acrescentou que esta foi a décima terciera interação perigosa entre as forças marítimas americanas e iranianas este ano.

Em julho, um navio de patrulha da Marinha americana fez disparos de advertência contra um barco da Guarda Revolucionária iraniana no Golfo, depois que a embarcação se aproximou menos de 140 metros.  

No Bahrein fica a base da Quinta Frota Naval dos EUA, que tem seu centro de operações na capital, Manama. Na região, o país tem ainda bases em Kuwait e Catar. / AFP e EFE

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.