Drones dos EUA matam sete militantes no Iêmen

Ataques com aviões não-tripulados, também conhecidos como drones, dos EUA mataram sete supostos militantes da Al-Qaeda no sul do Iêmen, segundo agentes de segurança. Em menos de duas semanas, cinco ofensivas com drones foram registradas no país.

AE, Agência Estado

07 de agosto de 2013 | 08h26

Segundo as autoridades, os supostos militantes foram mortos na quarta-feira na província de Shabwa. Os ataques ocorreram um dia depois do esvaziamento das embaixadas dos EUA e do Reino Unido no Iêmen, devido a ameaças de atos terroristas.

Moradores da região de Markha, na província de Shabwa, dizem que viram dois veículos e vários corpos em chamas no local dos ataques. Eles não quiseram ser identificado, temendo represálias. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
iêmenviolência

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.