Drones matam quatro suspeitos da al-Qaeda no Iêmen

Um ataque de aviões não tripulados dos Estados Unidos, também conhecidos como drones, causou a morte de 4 militantes da Al-Qaeda que foram considerados suspeitos no Iêmen. De acordo com uma fonte, o ataque, que aconteceu nesta terça-feira faz parte das medidas de segurança em meio às expectativas de que a rede jihadista vai realizar um ataque a qualquer momento.

AE, Agência Estado

06 de agosto de 2013 | 03h40

O ataque foi contra o veículo dos militantes, que "se transformou rapidamente em uma bola de fogo", disse a fonte.

Cerca de duas dezenas de postos diplomáticos dos Estados Unidos foram fechados em todo o Oriente Médio desde domingo, depois que o governo fez interceptações eletrônicas do alto escalão da Al-Qaeda, que sinalizaram que um grande ataque poderia acontecer. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
euaiêmenatentado

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.