Duarte desmente conspiração

O ex-presidente do Paraguai Nicanor Duarte negou ontem que esteja envolvido em um complô para derrubar o governo paraguaio. Na segunda-feira, o presidente Fernando Lugo denunciou um suposto complô contra seu governo orquestrado por Duarte e o general da reserva Lino Oviedo. Ontem, o ministro do Interior, Rafael Filizzola, pediu ao Congresso que investigue a participação do promotor-geral do Estado, Rubén Candia, e do vice-presidente do Tribunal Superior de Justiça Eleitoral, Juan Manuel Morales, numa reunião na qual supostamente se conspirou contra Lugo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.