REUTERS/Alkis Konstantinidis
REUTERS/Alkis Konstantinidis

Crianças morrem após bote que transportava refugiados afundar perto da Ilha de Kos

O corpo de uma das crianças foi recuperado; ao todo, 10 pessoas foram resgatadas e quatro conseguiram nadar até a costa

O Estado de S. Paulo

05 de novembro de 2015 | 09h30

ATENAS - Duas crianças imigrantes morreram afogadas nesta quinta-feira, 5, após o bote em que viajavam com suas famílias da Turquia para a Grécia afundar perto da ilha grega de Kos, informou a Guarda Costeira do país.

O corpo de uma das crianças foi recuperado, e equipes de resgate procuram pelo corpo de um menino de 6 anos. Segundo o pai das crianças, um dos 14 sobreviventes do naufrágio, ele não conseguiu salvar os filhos e abandonou os corpos para ajudar outros familiares.

Ao todo, 10 pessoas foram resgatadas da água. As outras quatro conseguiram nadar até a costa.

O acidente é o mais recente de uma série de naufrágios envolvendo refugiados que tentam atravessar da Turquia para as ilhas gregas mais próximas. Mais de 600 mil pessoas chegaram à Grécia até agora em 2015.

Ao norte da Grécia, na Ilha de Lesbos, porta principal de entrada dos imigrantes para a Europa, houve protestos na manhã desta quinta-feira contra a política europeia de imigração. /ASSOCIATED PRESS e AFP

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.