Duas escolas americanas fecham no Kuwait

As duas principais escolas norte-americanas no Kuwait decidiram fechar suas portas durante cerca de seis semanas devido ao aumento da tensão no Golfo Pérsico, informaram os diretores no primeiro sinal evidente sobre o temor da guerra entre os norte-americanos neste emirado rico em petróleo. A Escola Americana do Kuwait e a Escola Americana Internacional decidiram fechar suas portas de 10 de fevereiro a 22 de março. A medida foi adotada duas semanas depois de supostos militantes islâmicos terem assassinado um empresário contratado por uma base militar dos Estados Unidos no Kuwait.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.