Pedro Pardo / AFP
Pedro Pardo / AFP

Duas mulheres morrem por enfarte após alerta de novo terremoto na Cidade do México

Vítimas de 83 e 52 anos tiveram 'crise nervosa' com notícia do novo tremor, informou o governo da capital mexicana

O Estado de S.Paulo

23 Setembro 2017 | 17h11

CIDADE DO MÉXICO - Duas mulheres tiveram um enfarte e morreram neste sábado, 23, na Cidade do México, após um alerta sísmico por um terremoto de magnitude 6,1 na escala Richter. Segundo o governo da capital mexicana, as vítimas tinham 83 e 52 anos e "perderam a vida por enfarte decorrente de uma crise nervosa".

O alerta foi ativado na manhã deste sábado, por volta das 7h53 (horário local). O abalo foi sentido quatro dias depois de outro tremor, este de 7,1 graus, matar ao menos 305 pessoas.

O epicentro do terremoto atingiu o Estado de Oaxaca, no sul do país, onde um tremor de magnitude 8,1 no dia 7, deixou 98 mortos. Embora o tremor apenas tenha sido sentido na capital mexicana, o medo se difundiu, já que os moradores da Cidade do México estão abalados após o terremoto de quarta-feira. 

+++ Réplica de tremor no sul do México interrompe resgates na capital

Segundo o Serviço Sismológico Nacional, que preliminarmente havia informado uma magnitude de 6,4, o movimento é uma réplica do abalo de 7 de setembro. Após o tremor, os trabalhos de buscas das vítimas do terremoto anterior chegaram a ser suspensos, mas já foram retomados. 

Oaxaca é o estado mais afetado pelo abalo, o mais forte registrado no México desde 1932./EFE

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.