Duas pessoas morrem durante confronto na Venezuela

Um agente da Guarda Nacional e um civil morreram baleados em meio a um embate entre vizinhos e grupos motorizados armados que tentavam levantar uma barricada montada em uma rua do leste de Caracas.

AE, Agência Estado

06 de março de 2014 | 17h09

"Lamentavelmente anunciamos o falecimento de um oficial da Guarda Nacional nos enfrentamentos", disse o prefeito do município de Sucre, Carlos Ocariz, por meio de sua conta no Twitter. Enquanto isso, o presidente da Assembleia Nacional, o deputado governista Diosdado Cabello, disse que, além do militar, morreu um homem que "retirava detritos de uma via". Cabello identificou as vítimas como Acner Isaac López Lyon, membro da Guarda Nacional, de 25 anos, e José Gregorio Amaris, mototaxista, de idade não informada.

Ambos foram feridos a bala em meio a um conflito envolvendo vizinhos no bairro de Los Ruices, no leste de Caracas, durante o qual foram atiradas panelas e garrafas em um grupo de motociclistas, provavelmente membros de coletivos governistas, que tentavam retirar uma barricada feita com materiais de construção e detritos. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Venezuelabrigabarricadacaracas

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.