Duas tumbas de 2.600 anos são descobertas no Cairo

Duas tumbas de 2.600 anos foram encontradas num terreno onde o solo estava sendo analisado para a construção de um edifício, informou neste domingo o Ministério de Turismo do Egito. As tumbas, que datam da 26ª Dinastia - 600 antes de Cristo -, foram descobertas três metros abaixo do solo. Uma delas pertencia a um antigo edificador, disse Zahi Hawass, principal arqueólogo do governo para a região do Cairo. Hawass disse que 16 estátuas, na primeira tumba aberta, contêm uma inscrição com o nome Uga-Hor e descrevem sua profissão como construtor. Os arqueólogos ainda não abriram o segundo túmulo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.