Dubai World enfrenta vencimento de cupom na 2ª feira

A unidade Jebel Ali Free Zone Authority (Jafza), do endividado Dubai World, enfrenta na segunda-feira (30) o pagamento de um cupom (juro) sobre um bônus de 7,5 bilhões de dirhams dos Emirados Árabes Unidos (US$ 2,04 bilhões) no primeiro teste se haverá default da dívida do maior conglomerado de Dubai. O valor do cupom a ser pago é estimado entre 125 milhões de dirhams e 135 milhões de dirhams (US$ 34,03 milhões e US$ 36,75 milhões), segundo cálculos de analistas.

AE-DJ, Agencia Estado

28 Novembro 2009 | 12h49

O bônus islâmico, ou sukuk, foi emitido em novembro de 2007 por meio de uma companhia registrada nas Ilhas Cayman chamada JAFZ Sukuk Limited e paga 130 pontos-base acima da taxa interbancária dos Emirados Árabes Unidos, segundo o site de informações zawya.com.

Porta-vozes do Dubai World não quiseram comentar sobre o pagamento neste sábado, feriado nos Emirados Árabes Unidos. O bônus da Jafza é o primeiro pagamento de uma entidade do governo de Dubai a vencer desde o anúncio da reestruturação da dívida na quarta-feira, que desencadeou temores de nova turbulência nos mercados e bancos globais.

A Jafza opera uma zona de livre comércio e parques industriais na cidade portuária de Jebel Ali, perto da cidade de Dubai, e é uma unidade da Economic Zones World, ou EZW, que é operada pelo Dubai World. As informações são da Dow Jones. (Regina Cardeal)

Mais conteúdo sobre:
Dubai cupom vencimento

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.