Duhalde articula grupo dissidente no peronismo

O ex-presidente Eduardo Duhalde "está trabalhando" na formação de uma "corrente interna" no Partido Justicialista (PJ), peronista, a "pedido de dirigentes e prefeitos" do partido por causa da crise entre o governo e o setor agropecuário, segundo informou ontem o porta-voz do ex-presidente, Luis Verdi.Ele disse que Duhalde "deu-se conta de que tem uma responsabilidade que não pode deixar de lado", diante do elevado clima de tensão social no país. A facção,denominada União Popular, destina-se a "abrir um caminho de diálogo que hoje o governofechou para todos os que pensam diferente do ex-presidente Néstor Kirchner e da mulher dele, Cristina Kirchner. Duhalde foi acusado na segunda-feira pelo piqueteiro kirchnerista Luis D?Elía, de articular um "golpe de Estado, com a colaboração do grupo Clarín e dirigentes das entidades rurais".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.