Duhalde renuncia a cargos partidários

O presidente da Argentina, Eduardo Duhalde, anunciou que na próxima semana renunciará a todos os cargos partidários que ocupa para "dedicar-se, exclusivamente, à Argentina neste dois anos de mandato". Duhalde reconhece que seu mandato é de transição e que por isso mesmo não terá muito tempo para executar um seu plano. Porém, afirmou que "meu partido hoje é a Argentina e me dedicarei a ordenar o país. Não poderei fazer milagres, mas deixarei o país caminhando", concluiu.

Agencia Estado,

04 Janeiro 2002 | 14h58

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.