Duplo atentado suicida mata 45 pessoas no Iraque

Um duplo atentado suicida com veículos cheios de explosivos matou 45 pessoas hoje, nas proximidades da cidade sagrada xiita de Kerbala, segundo informou um importante funcionário do governo do Iraque. Autoridades estimam que mais de 150 pessoas tenham se ferido nas explosões. Os últimos ataques sacudiram o país, que estava relativamente calmo desde a formação do novo governo do primeiro-ministro Nouri al-Maliki, há um mês.

AE, Agência Estado

20 de janeiro de 2011 | 12h20

Uma das explosões ocorreu perto de dois postos de controle da polícia, a cerca de 20 quilômetros de Kerbala, ao sul da capital do país, Bagdá. Os ataques ocorreram com cerca de 20 minutos de intervalo, segundo o chefe do conselho provincial de Kerbala, Mohammed Hamid al-Mussawi. Mais de 1 milhão de fiéis são esperados em Kerbala nos próximos dias, para comemorar o Arbaeen.

Separadamente, um outro ataque matou dois policiais e uma jornalista em Baquba, capital da província de Diyala, no centro do país, quando um suicida lançou seu veículo contra escritórios da polícia. Cerca de 30 pessoas ficaram feridas, segundo Ahmed Alwan, um médico do hospital de Baquba.

Diyala serviu de base para a Al-Qaeda até 2008. A violência caiu bastante na província nos últimos anos, mas seguem ocorrendo ataques esporádicos na região. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
Iraqueatendadomortes

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.