Reuters
Reuters

Duterte destrói carros de luxo contrabandeados

Os 68 veículos e 8 motocicletas tinham um valor de aproximadamente R$ 15 milhões

O Estado de S.Paulo

31 de julho de 2018 | 18h47

MANILA - Mais de 70 automóveis e motocicletas de luxo foram destruídos nesta terça-feira na provícia filipina de Cagayan, sob a supervisão do presidente Rodrigo Duterte em meio à sua campanha contra o contrabando.

Entre os veículos destruídos, em um valor de aproximadamente R$ 15 milhões, estavam um Lamborghini Gallardo, um Porsche Carrera, um Mercedes-Benz SLK 280 e motocicletas Harley Davidson.  

Duterte, conhecido por suas rigorosas políticas anti-crime, testemunhou a destruição e depois declarou em um discurso que isso foi necessário "para mostrar ao mundo que temos um país viável para o comércio e o investimento".

Escavadeiras destruíram um total de 68 veículos de luxo contrabandeados, além de 8 motocicletas. Os modelos de 2006 eram os mais novos entre os veículos destruídos. 

Duterte acredita que ao destruir os automóveis de luxo estará desencorajando os contrabandistas.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.