Reuters
Reuters

Duterte destrói carros de luxo contrabandeados

Os 68 veículos e 8 motocicletas tinham um valor de aproximadamente R$ 15 milhões

O Estado de S.Paulo

31 Julho 2018 | 18h47

MANILA - Mais de 70 automóveis e motocicletas de luxo foram destruídos nesta terça-feira na provícia filipina de Cagayan, sob a supervisão do presidente Rodrigo Duterte em meio à sua campanha contra o contrabando.

Entre os veículos destruídos, em um valor de aproximadamente R$ 15 milhões, estavam um Lamborghini Gallardo, um Porsche Carrera, um Mercedes-Benz SLK 280 e motocicletas Harley Davidson.  

Duterte, conhecido por suas rigorosas políticas anti-crime, testemunhou a destruição e depois declarou em um discurso que isso foi necessário "para mostrar ao mundo que temos um país viável para o comércio e o investimento".

Escavadeiras destruíram um total de 68 veículos de luxo contrabandeados, além de 8 motocicletas. Os modelos de 2006 eram os mais novos entre os veículos destruídos. 

Duterte acredita que ao destruir os automóveis de luxo estará desencorajando os contrabandistas.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.