Dzhokhar Tsarnaev é indiciado por atentado contra Boston

O homem suspeito de executar o atentado de uma semana atrás contra a maratona de Boston foi indiciado por envolvimento no ataque, informou uma fonte judicial norte-americana.

AE, Agência Estado

22 de abril de 2013 | 15h01

O auto de acusação contra Dzhokhar Tsarnaev, de 19 anos, continua selado, mas o governo informou que ele é acusado, entre outras coisas, de conspirar para usar arma de destruição em massa.

Tsarnaev foi indiciado no leito do hospital Beth Israel, disse Gary Wente, do Tribunal Federal de Recursos do 1º Circuito. Ele está internado em situação grave, mas estável.

Pouco antes, a Casa Branca informou que Tsarnaev, de 19 anos, não seria julgado como combatente inimigo na justiça militar dos Estados Unidos.

De acordo com o secretário de Imprensa da Casa Branca, Jay Carney, a lei dos EUA não permite que cidadãos norte-americanos sejam julgados por comissões militares.

Tsarnaev, de 19 anos, nasceu no sul da Rússia, mas possui cidadania norte-americana. Por esse motivo, ele será processado dentro do sistema judiciário federal.

Dzhokhar Tsarnaev e seu irmão mais velho, Tamerlan, são suspeitos de executar o atentado da segunda-feira passada contra Boston. Tamerlan morreu quando fugia da polícia. Dzhokhar foi preso na noite de sexta-feira. Três pessoas morreram e mais de 180 ficaram feridas no atentado. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
EUABostonatentadoindiciamentoTsarnaev

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.