Ecclestone diz ter esperança de que protestos não impeçam GP do Bahrein

Chefão da F1 diz à BBC acreditar que manifestações não forcem cancelamento de evento em março.

BBC Brasil, BBC

18 de fevereiro de 2011 | 12h24

Bernie Ecclestone, detentor dos direitos comerciais da F-1, afirmou nesta sexta-feira que está "esperançoso" de que o Grande Prêmio do Bahrein possa ser realizado no país em março, apesar dos protestos que sacodem o país.

Três pessoas morreram e 231 ficaram feridas durante violentos protestos contra o governo no país, despertando temores sobre um cancelamento do evento.

Ecclestone disse à BBC: "Nosso pessoal lá diz 'está tranquilo, sem problemas'", afirmou Ecclestone. "Estou mais esperançoso hoje. Espero que não tenhamos que fazer nada. Vamos esperar que as coisas se encaminhem nesta direção", afirmou ele.BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.