Economia da China cresceu 10,1% em 2010, segundo agência oficial

A economia chinesa cresceu cerca de 10,1 por cento em 2010, segundo o vice-presidente da agência de planejamento econômico da China afirmou à Reuters neste sábado, o que pode significar o maior ritmo de crescimento anual em três anos.

REUTERS

15 de janeiro de 2011 | 11h31

Zhang Xiaoqiang disse que o Produto Interno Bruto (PIB) do país asiático alcançou perto de 39,5 trilhões de iuans (6 trilhões de dólares) no ano passado.

O resultado de 2010 representa uma aceleração sobre a taxa de expansão revisada de 9,2 por cento no ano anterior.

Mas Zhang ressaltou que a China pode ter dificuldades para atingir sua meta de inflação este ano, de 4 por cento, em meio a altos custos trabalhistas e preços de commodities disparando globalmente.

"Muitos fatores estão aumentando a pressão sobre os preços domésticos, e devemos observar que a inflação vinda de fora está crescendo este ano", disse ele.

Zhang reiterou que o governo busca um crescimento de 8 por cento para a economia chinesa em 2011, mas assinalou que o desafio de manter os preços estáveis ocupará o topo da agenda do país.

(Por Aileen Wang e Koh Gui Qing)

Tudo o que sabemos sobre:
CHINAECONOMIACRESCE*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.