Edano será ministro da Indústria e Comércio do Japão

O ex-porta-voz do governo japonês, Yukio Edano, será nomeado o novo ministro da Indústria e Comércio do Japão, informou a rede de TV "NHK" nesta segunda-feira, depois de Yoshio Hachiro ter renunciado no sábado, após a polêmica causada em virtude dos comentários que fez a respeito do desastre nuclear ocorrido em março.

Agência Estado

12 Setembro 2011 | 01h10

Edano foi o "rosto oficial" do governo japonês no rescaldo da crise, após o terremoto e tsunami que causaram um desastre nuclear em 11 de março na usina de Fukushima. Seu empenho para manter a população informada durante a crise fortaleceu sua aprovação entre os japoneses.

O atual chefe de Gabinete, Osamu Fujimura, disse que o primeiro-ministro japonês, Yoshihiko Noda, anunciará na tarde desta segunda-feira o nome de Edano para o ministério da Indústria e Comércio, levando-se em conta também sua experiência em indústrias nucleares.

Hachiro tornou-se a primeira vítima da administração Noda após chamar as áreas afetadas pelo acidente nuclear, ao redor da usina nuclear de Fukushima, como "cidade da morte", na sexta-feira, e brincar com os jornalistas sobre a radiação no local. As informações são da Dow Jones.

Mais conteúdo sobre:
Japãonovoministro

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.