Edifício foi base para jornalistas durante guerra

O Marriott, mais luxuoso hotel de Islamabad, serviu de base para os principais veículos de comunicação do planeta após os ataques de 11 de setembro de 2001 e a posterior ofensiva militar lançada pelos EUA ao vizinho Afeganistão. Redes de TV, como as americanas CNN, ABC e NBC, e a britânica BBC, locaram posições no telhado do edifício para a emissão de seus boletins. Na época, o "Estado" também utilizou as instalações do hotel.Os clientes mais freqüentes são estrangeiros que visitam áreas seguras da Caxemira. Os restaurantes do lobby oferecem comida ocidental e, no subsolo, um clube noturno só para estrageiros é praticamente o único local de Islamabad no qual é possível consumir bebidas alcoólicas de modo legal - para a irritação de grupos radicais islâmicos. Barreiras de concreto impedem a aproximação de veículos antes de uma minuciosa revista e todos os hóspedes são obrigados a passar por detectores de metal. No ano passado, a vigilância impediu que um terrorista suicida tivesse acesso ao lobby.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.