Editora do Daily Telegraph anuncia mudanças na direção

A Hollinger International, empresa que publica jornais como o London Daily Telegraph, o Chicago Sun-Times e o Jerusalem Post, confirmou uma série de mudanças em seu controle. A principal delas refere-se à saída de Conrad Black do posto de executivo-chefe (CEO), após a descoberta por um comitê de diretor independentes que ele autorizou o pagamento de US$ 32 milhões para ele e outros executivos sem a aprovação do conselho. Black deixará as funções operacionais em 21 de novembro, no entanto, continuará como presidente não-executivo da companhia. O conselho da empresa também aceitou a renúncia, imediata, de David Radler, presidente e diretor de operações. Radler também era editor do Chicago Sun-Times. A companhia anunciou ainda que venderá alguns de seus ativos. Segundo o britânico Daily Telegraph, o Washington Post e o Daily Mail & General Trust estariam entre os grupos interessados nos negócios e marcas da Hollinger.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.