Eduardo Duhalde enaltece Brasil e faz elogios a Lula

"O Brasil possui uma visão estratégica. Há anos que estou dizendo ''olhemos o Brasil'', desde antes que Lula chegasse ao poder. Vamos copiá-los. Eles não são ''pelotudos'' (equivalente a "imbecil"). Nós somos ''pelotudos''." A frase de elogio ao Brasil como modelo a ser imitado - e de dura crítica com a Argentina - foi pronunciada pelo ex-presidente provisório Eduardo Duhalde (2002-2003) em declarações ao jornal Perfil.

ARIEL PALACIOS, Agência Estado

20 de dezembro de 2010 | 10h48

Desde que ocupou a presidência provisória da Argentina durante a maior crise econômica, social e institucional do país em 2001-2002, Duhalde declarou em diversas ocasiões sua admiração pelo Brasil, o empresariado brasileiro e as linhas gerais do funcionamento do sistema político do país.

Durante o ano e meio em que esteve no comando da Argentina, entre o dia 2 de janeiro de 2002 e 25 de maio de 2003, Duhalde teve intenso contato com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, do qual se tornou amigo. Duhalde não poupou elogios ao colega brasileiro na entrevista ao Perfil: "Lula é o estadista mais importante da América Latina nas últimas décadas."

Duhalde apresentará hoje sua pré-candidatura presidencial. O ex-presidente integra o Peronismo "federal" (também chamado de "dissidente"), setor do partido Justicialista (Peronista) que rachou com o ex-presidente Néstor Kirchner e sua sucessora e atual viúva, a presidente Cristina Kirchner.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.