Egito adia divulgação de resultado da 1ª fase da eleição

A comissão eleitoral do Egito adiou para a sexta-feira a divulgação dos resultados oficiais da primeira fase das eleições parlamentares no país, ao dizer que a contagem dos votos atrasou e ainda está em curso. Juízes que acompanham a contagem disseram que os partidos islamitas, entre eles o que representa a Irmandade Muçulmana, devem ter obtido entre 40% e 50% dos votos.

AE, Agência Estado

01 de dezembro de 2011 | 15h52

Foi a segunda vez que houve atraso na divulgação dos resultados, que deveriam ter sido divulgados na quarta-feira. Agora, a agência estatal de notícias MENA informou que eles serão divulgados amanhã. A votação na segunda-feira e terça-feira ocorreu no Cairo e em Alexandria, na primeira etapa das três do sufrágio para o Parlamento de 508 cadeiras. A etapa final ocorrerá em janeiro. Os eleitores elegem 498 deputados. Outros 10 são biônicos e serão nomeados pela junta militar que sucedeu o governante Hosni Mubarak, derrubado pela revolução popular em fevereiro.

Resultados parciais sugerem que a Irmandade Muçulmana, que virou nos últimos anos um grupo islâmico moderado, deverá ser o grande vencedor, com 40% dos votos, mas os salafistas, extremistas religiosos, estariam mostrando ganhos surpreendentes nas urnas.

Os juízes falaram sob anonimato, porque os resultados oficiais serão divulgados amanhã.

As informações são da Associated Press.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.