Egito alerta que ataque ao Iraque levaria o caos ao Oriente Médio

O presidente do Egito, Hosni Mubarak, afirmou hoje que uma ação militar dos EUA contra o Iraque lançaria o Oriente Médio no caos. Um dos principais aliados dos EUA no Oriente Médio, ele disse também que a campanha militar de Israel contra os palestinos levará a crise na região a durar mais 50 anos. "Eu disse ao governo dos EUA que se eles atacarem o povo iraquiano por causa de um ou dois indivíduos e deixarem a questão palestina sem solução, nenhum dirigente árabe será capaz de conter o sentimento popular. Poderá haver repercussões e nós tememos que um estado de desordem e caos possa prevalecer na região", disse em discurso a um platéia de estudantes em Alexandria, transmitido pela televisão egípcia Ele afirmou que "o recurso de Israel à força militar para reprimir os palestinos é completamente fútil e a matança e a destruição poderão continuar por mais 50 anos". O presidente egípcio exortou israelenses e palestinos a "sentar-se à mesa de negociações".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.