Egito anuncia reconhecimento oficial do Sudão do Sul

Funcionário do Ministério de Exterior disse ao jornal 'Al-Ahram' que Egito terá embaixador em Juba

AE, Agência Estado

05 de julho de 2011 | 17h51

CAIRO - Um funcionário do Ministério de Relações Exteriores do Egito disse nesta terça-feira, 5, que o país vai reconhecer o Sudão do Sul após a separação do país da parte norte, marcada para o sábado, 9.

 

Veja também:

mais imagens FOTO DO DIA: Soldados ensaiam para festa de independência

 

Mohammed Mursi disse ao jornal Al-Ahram que o Egito vai nomear seu novo embaixador em Juba no mesmo dia em que o Sudão do Sul declarar sua independência do norte.

 

O Sudão do Sul vai se tornar o mais novo país do mundo no próximo sábado. O rio Nilo, a principal fonte de água do Egito, corta o Sudão. O Nilo Branco, um dos dois principais afluentes do rio, corre pelo sul do Sudão.

 

O Egito teme que o Sudão do Sul independente possa ficar sob influência dos países rivais da bacia do Nilo e afetar sua parcela na água do rio.

Tudo o que sabemos sobre:
Sudão do SulEgitoreconhecimento

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.