Egito começa a cavar nova seção do Canal de Suez

O presidente do Egito, Abdel Fattah el-Sissi, inaugurou nesta terça-feira as escavações de uma nova seção do Canal de Suez, eixo que liga o porto de Said, no Mar Mediterrâneo, a Suez, no Mar Vermelho. De acordo com o líder egípcio, o projeto, que deve custar US$ 4 bilhões, deve ficar pronto no ano que vem.

Estadão Conteúdo

05 de agosto de 2014 | 19h05

Em uma cerimônia transmitida pela TV estatal, el-Sissi disse que o novo segmento, com comprimento de 35 quilômetros, faz parte dos megaprojetos que vão impulsionar o crescimento econômico do país. O Egito é o controlador do canal, um dos corredores de água mais movimentados do mundo, que gera para a economia egípcia um rendimento de cerca de US$ 5 bilhões por ano.

Segundo o gerente da Autoridade do Canal de Suez, Moheeb Mamish, a nova seção do canal vai encurtar o período de espera para que navios cruzem o corredor de 11 para três horas. Também deve aumentar a quantidade de embarcações que podem atravessar o canal simultaneamente de 23 para cerca de 97. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
EGITOCANAL DE SUEZ

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.