Egito confirma naufrágio no Mar Vermelho

As autoridades egípcias confirmaram o naufrágio do navio "Salam 98", no Mar Vermelho. Segundo a agência oficial Mena, a embarcação estava programada para chegar ao porto egípcio de Safaga às 3 da madrugada (horário local), e afundou a 56 milhas marítimas (96 quilômetros) do porto de Hurgada, que fica a 400 quilômetros ao sudeste de Cairo. O acidente aconteceu pouco depois da passagem do navio pelo porto saudita de Dubah, às 19 horas. A embarcação transportava cerca de 1.310 pessoas. Autoridades marítimas informaram que aproximadamente 1.100 passageiros eram egípcios e os outros 200 eram de outras nacionalidades árabes, a maioria da Arábia Saudita e do Sudão.A agencia de notícias acrescentou que "há alguns sobreviventes" entre os passageiros, embora não tenha especificado seu número.O governador da província do Mar Vermelho, Bakr Al Rashidi, decidiu formar um grupo de operações no porto de Safaga, ao qual o "Salam 98" deveria chegar. Ele declarou emergência nos centros de saúde da província, assim que recebeu a notícia sobre o naufrágio do navio.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.