Egito confirma que navios do Irã querem passar por Suez

O Egito recebeu um pedido do Irã para que dois navios da Marinha do país usem o Canal de Suez para passar do Mar Vermelho para o Mediterrâneo, mas ainda não decidiu se vai atender. Segundo o porta-voz do Ministério das Relações Exteriores do Egito, Hossam Zaki, o ministério recebeu o pedido ontem e o encaminhou ao Ministério da Defesa, a quem cabe aprovar a passagem de qualquer navio de guerra pelo canal. "Está com eles agora, eles vão decidir. O Ministério da Defesa deve estudar o pedido", disse.

AE, Agência Estado

18 de fevereiro de 2011 | 15h19

Caso o pedido seja aprovado, será a primeira vez que navios da Marinha iraniana atravessam o Canal de Suez desde a Revolução Islâmica de 1979, que levou ao rompimento de relações diplomáticas entre os dois países. Na quarta-feira, o ministro das Relações Exteriores de Israel, Avigdor Lieberman, havia dito que a entrada de navios da Marinha iraniana no Mediterrâneo seria "uma provocação" que "não poderá ser ignorada", o que elevou as tensões em toda a região.

Segundo a agência estatal de notícias Fars, do Irã, um dos navios é a fragata leve de patrulha Alvand, de 1.500 toneladas, que pode levar torpedos e mísseis, e o navio de reabastecimento e apoio Kharg, de 33 mil toneladas, com uma tripulação de 250 marinheiros e capaz de levar três helicópteros. Ambos são de fabricação britânica. Segundo a Fars, os dois navios estão em missão de treinamento e deverão aportar na Síria. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
Irãnavios de guerraCanal de Suez

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.