Egito constrói muro ao redor de embaixada de Israel

As autoridades egípcias estão erguendo um muro ao redor da embaixada de Israel no Cairo, no momento em que as relações entre os dois vizinhos, que assinaram um tratado de paz em 1979, passam por uma fase delicada.

AE, Agência Estado

05 Setembro 2011 | 12h56

O muro, de cerca de dois metros de altura, é feito com lajes de cimento pré-fabricadas que são instaladas ao redor do prédio que abriga a embaixada de Israel. Parte do muro foi pintada com as cores nacionais do Egito: preto, branco e vermelho.

Grupo de egípcios irritados realizaram grandes protestos do lado de fora da embaixada no mês passado e pediram a expulsão do embaixador israelense por causa da morte de policiais egípcios, assassinados enquanto Israel procurava militantes.

O Egito pediu que Israel fizesse um pedido oficial de desculpas e exigiu uma investigação sobre as mortes dos cinco policiais.

Durante um dos protestos, um homem egípcio escalou o prédio da embaixada, removeu a bandeira israelense e colocou no lugar uma com as cores egípcias, sob os aplausos da multidão.

Autoridades egípcias citadas por meios de comunicação locais destacaram que o muro está sendo erguido para proteger moradores de prédios próximos.

Ali Abdel Rahman, governador do distrito de Giza, onde a embaixada está localizada, disse ao jornal Al-Gumhuriyya que o muro "não tem nada a ver com a proteção da embaixada de Israel", mas sim com a proteção de civis. O Egito foi o primeiro país árabe a assinar um tratado de paz com Israel em 1979. As informações são da Dow Jones.

Mais conteúdo sobre:
EgitoIsraelembaixadamuro

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.