Egito declara estado de emergência em três cidades

O presidente do Egito, Mohamed Mursi, anunciou no domingo estado de emergência por 30 dias em três cidades ao longo do Canal de Suez, região que foi cena dos piores episódios de violência no fim de semana e deixaram mais de 45 mortos.

Reuters

27 de janeiro de 2013 | 18h50

Mursi fez o anúncio em um pronunciamento na TV, em que também afirmou que um toque de recolher pode ser decretado em Porto Said, Ismailia e Suez a partir de segunda-feira.

O presidente fez ainda um apelo por diálogo entre os principais políticos do país.

(Reportagem de Yasmine Saleh)

Tudo o que sabemos sobre:
EGITOESTADOEMERGENCIA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.