Egito deportará 654 refugiados sudaneses

O governo egípcio deportará 654 refugiados sudaneses que foram removidos violentamente de um acampamento montado num parque do Cairo, informa uma porta-voz da chancelaria. Eles serão levados de volta ao Sudão na quinta-feira porque "descobrimos que são ou imigrantes ilegais ou refugiados que violaram as condições de segurança" do asilo, segundo disse Fatma el-Zahraa Etman.Na última sexta-feira, milhares de policiais da tropa de choque usaram cassetetes e canhões de água para retirar os refugiados acampados no parque. Em meio à violência e ao pânico gerado pela operação policial, mais de 20 sudaneses foram mortos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.