Egito deseja que forças de Abbas controlem fronteira com Gaza

O Egito disse na segunda-feira que desejaver o presidente da Autoridade Palestina, Mahmoud Abbas,controlando o posto de fronteira da Faixa de Gaza, o queexcluiria dessa função o grupo islâmico Hamas, que dominaaquele território desde junho. O ministro egípcio das Relações Exteriores, Aboul Gheit,disse à União Européia (UE) e aos Estados Unidos ser importanteque Israel coopere com os esforços para controlar os postos defronteira "por meio do envio de forças da Autoridade Palestinae de observadores da União Européia", afirmou a chancelaria doEgito em um comunicado. "Aboul Gheit ressaltou em suas mensagens e telefonemas queo Egito está determinado a assumir, gradualmente, o controle dafronteira entre o país e a Faixa de Gaza e a instalar novamentena área uma situação aceitável", disse Hossam Zaki, porta-vozdo órgão. O Hamas, que expulsou do território costeiro, em junho, asforças leais a Abbas, afirmou no domingo ter ouvido do Egitoque o país não seguiria um acordo selado em 2005 dando a Abbaso controle sobre o posto de fronteira. Tanto o presidente palestino quanto Khaled Meshaal, líderpolítico do Hamas, devem viajar até o Cairo nesta semana a fimde discutir a questão com autoridades egípcias. Ministros árabes das Relações Exteriores que se reuniram emcaráter emergencial no domingo, na capital do Egito, receberampositivamente a proposta feita por Abbas de assumir o controlesobre a fronteira. REUTERS MPP

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.