Efe
Efe

Egito frustra atentado contra turistas em resort de luxo

Uma dinamarquesa e uma alemã ficam feridas em tiroteio; suspeito é morto pela polícia em praia no Mar Vermelho

O Estado de S. Paulo

08 Janeiro 2016 | 18h25

CAIRO - Forças de segurança egípcias evitaram nesta sexta-feira, 8, um atentado em um resort de luxo no Mar Vermelho. Um suspeito abriu fogo contra turistas ocidentais na cidade de Hurghada, mas acabou morto. Uma turista alemã e uma dinamarquesa ficaram feridas.

Segundo o Ministério do Turismo, o caso está sendo tratado como assalto, mas a imprensa egípcia noticiou que os acessos à cidade foram fechados pela polícia. Grupos radicais com base no Sinai têm atacado resorts de luxo nos últimos meses. 

A filial egípcia do Estado Islâmico reivindicou o ataque, mas o governo rejeita tratá-lo como terrorismo, que tem aumentado no país desde o golpe que derrubou o presidente islamista Mohammed Morsi, em 2013. / REUTERS e EFE

Mais conteúdo sobre:
Estado Islâmico Egito

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.