Egito liberta estudantes dos EUA presos em protestos

Autoridades do Egito disseram que um tribunal ordenou a libertação dos três estudantes americanos presos esta semana durante os protestos no Cairo. Um oficial egípcio afirmou nesta quinta-feira que os três frequentam a Universidade Americana do Cairo e foram detidos no telhado do prédio da faculdade, que fica próximo à praça Tahrir, de onde eles supostamente arremessaram bombas incendiárias contra as forças de segurança que estavam em confronto com os manifestantes.

AE, Agência Estado

24 de novembro de 2011 | 13h24

Os três, presos no domingo, são Derrik Sweeney, estudante de 19 anos da Universidade de Georgetown, Lue Gates, estudante de 21 anos da Universidade de Indiana, e Gregory Porter, estudante de 19 anos da Universidade Drexel. As autoridades falaram sob a condição de anonimato porque não estavam autorizadas a conversar com os meios de comunicação. As informações são da Associated Press.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.