Mohammed Samaha / AP
Mohammed Samaha / AP

Egito nomeia embaixador para Israel após quase três anos

Último representante foi chamado de volta por Morsi depois de incursão israelense

AE, Estadão Conteúdo

21 de junho de 2015 | 15h04

O Egito nomeou um novo embaixador para Israel, quase três anos depois que o representante no país foi chamado de volta, em função do início de uma ofensiva israelense na Faixa de Gaza em 2012. Comunicado divulgado neste domingo pelo governo egípcio informa que o presidente Abdel-Fattah el Sissi nomeou o embaixador Hazem Khairat para o posto, como parte de uma reformulação de rotina dos representes diplomáticos do país.

Khairat vai substituir Atef Salem Al-Ahl, que em 2012 foi chamado de volta pelo então presidente egípcio Mohammed Morsi, que é muçulmano. Na ocasião, mesmo com o gesto diplomático Morsi ajudou os Estados Unidos a negociarem uma trégua ente israelenses e palestinos. O general El-Sissi tem mantido boas relações com Israel desde que assumiu o poder, em 2013, quando derrubou o governo de Morsi. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
EgitoIsraelembaixador

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.