Egito: novo julgamento de jornalistas da Al-Jazeera deve começar na quinta-feira

Funcionários da Justiça do Egito disseram que o novo julgamento de dois jornalistas da rede de televisão Al-Jazeera deverá começar no dia 12 de fevereiro. A ditadura militar comandada pelo marechal-de-campo Abdel Fatah el-Sisi acusa os jornalistas estrangeiros de apoiarem a Irmandade Muçulmana, organização à qual é ligado o ex-presidente Mohammed Morsi, derrubado em um golpe em 2013.

AE-AP, Estadão Conteúdo

08 de fevereiro de 2015 | 15h25

Outro jornalista da Al-Jazeera, Peter Greste, foi libertado há poucos dias e deportado para a Austrália. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Egitojornalistas

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.