Egito pressiona para que palestinos liderem cessar-fogo

O Egito enviará seu chefe de inteligência, o general Omar Suleiman, às áreas palestinas na próxima semana, em um novo esforço para pressionar os grupos militantes islâmicos a cessarem seus ataques contra Israel, disseram funcionários palestinos. O anúncio da visita de Suleiman ocorre em meio aos crescentes temores, por parte dos palestinos, de que Israel imponha de forma unilateral uma fronteira com a Cisjordânia.Com o apoio do Egito, o primeiro-ministro palestino, Ahmed Korei, vem tentando persuadir os grupos militantes a adotarem uma trégua como passo para a retomada das conversações de paz com Israel. Suleiman lidera os esforços de mediação realizados pelo Egito. Osama el-Baz, o enviado do presidente egípcio aos territórios palestinos, reuniu-se com o líder Yasser Arafat em Ramallah. Durante as conversações, Arafat pediu aos egípcios que retomem seus esforços de mediação, solicitação prontamente aceita pelo Cairo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.