Egito reabre aeroporto de Alexandria após protesto de funcionários

O aeroporto de Alexandria, o segundo maior do Egito, foi reaberto neste domingo, depois de ficar seis horas fechado devido a um protesto de oficiais de segurança do terminal, informou a mídia estatal local.

Reuters

31 de março de 2013 | 13h42

Os manifestantes eram policiais responsáveis pelo controle de passaporte e pelos serviços de segurança no terminal.

Aviões da Qatar Airways, da saudita Nas Air e da Air Arabia não conseguiram decolar durante a interrupção e o tráfego de aeronaves foi desviado para o aeroporto do Cairo, onde os oficiais fizeram um protesto semelhante na quinta-feira, mas sem afetar os pousos e decolagens.

Os manifestantes em Alexandria suspenderam o protesto após uma reunião com uma autoridade graduada da aviação egípcia, durante a qual discutiram suas demandas, informou a agência estatal MENA.

(Reportagem de Omar Fahmy e Ulf Laessing)

Tudo o que sabemos sobre:
EGITOAEROPORTOFECHADOATUALIZA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.