Egito retira seu embaixador na Turquia

O Egito retirou seu embaixador da Turquia em mais um sinal da rápida deterioração das relações entre os dois países desde o golpe militar que depôs Mohammed Morsi no início de julho.

AE, Agência Estado

15 de agosto de 2013 | 18h46

A convocação do embaixador egípcio em Ancara foi anunciada por meio de uma lacônica nota divulgada hoje pelo Ministério das Relações Exteriores do Egito.

Antes da decisão, o primeiro-ministro da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, havia criticado as potências ocidentais por ignorarem a gravidade da situação no Egito e pedido uma reunião urgente do Conselho de Segurança (CS) da Organização das Nações Unidas (ONU) sobre o assunto.

Egito e Turquia mantiveram boas relações durante o período em que Morsi, primeiro presidente democraticamente eleito da história de seu país, esteve no poder. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
EgitoTurquiadiplomacia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.