Egito terá 1º turno de eleição parlamentar em 28 de novembro

Votação será realizada em três turnos, o último deles em 3 de janeiro; oposição ameaça boicotar processo

JAMIL CHADE, CORRESPONDENTE / GENEBRA, O Estado de S.Paulo

28 Setembro 2011 | 03h02

Depois de meses de indefinições, a primeira eleição depois da queda do ex-ditador Hosni Mubarak finalmente tem data para ocorrer. A votação para eleger o novo Parlamento, que terá a função de desenhar a nova Constituição, estão marcadas para o dia 28 de novembro.

Se a esperança da junta militar que governa o país desde a queda do regime, em fevereiro, era acalmar a pressão de movimentos políticos, a manobra fracassou. O anúncio de ontem não reduziu a tensão entre revolucionários e militares e alguns dos novos partidos falam em promover um boicote.

As eleições parlamentares ocorrerão em três turnos. Além da primeira etapa, em novembro, uma segunda está marcada para 14 de dezembro, e outra para 3 de janeiro. Outros três turnos para a eleição do Senado devem ocorrer entre os dias 29 de janeiro e 11 de março.

Nas últimas eleições, em novembro, acusações de fraude marcaram a votação. Para os movimentos que participaram da deposição de Mubarak, a nova lei favorece candidatos ligados ao antigo regime. Os novos partidos queriam que listas fechadas pudessem ser apresentadas. A junta cedeu em parte: um terço do Parlamento será eleito com candidaturas individuais.

Ataque. Homens armados explodiram um trecho do gasoduto que leva gás do Egito a Israel e Jordânia, na madrugada de ontem, na Península do Sinai. Um homem ficou ferido. Desde a deposição de Mubarak, em fevereiro, esse é o sexto ataque contra o gasoduto, provocando interrupções no fornecimento a Israel e Jordânia. Nos últimos meses, o Egito reforçou o patrulhamento no Sinai para proteger o gasoduto, que fornece 43% do gás natural consumido por Israel. Após a explosão, o Exército cercou as instalações e a empresa fechou o gasoduto.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.