Ehud Olmert chega à China com Irã e comércio na agenda

O primeiro-ministro israelense, Ehud Olmert, iniciou nesta terça-feira na China uma visita de três dias na qual tentará convencer o governo chinês a endurecer sua posição em relação ao programa nuclear iraniano e promoverá as relações comerciais bilaterais, informaram fontes da embaixada israelense em Pequim."Ainda não podemos revelar nada concreto do programa de conversas, mas o Irã está na agenda", confirmou Nadav Eshcar, porta-voz de política da representação israelense na China.China e Rússia são os dois dos cinco membros permanentes no Conselho de Segurança da ONU (que também conta com Estados Unidos, França e Reino Unido) que se opuseram à aplicação de medidas radicais contra o programa nuclear iraniano. Os dois países negociaram uma resolução mais suave, a 1737, aprovada em dezembro.As relações entre China e Israel têm sido prejudicadas pela oposição dos EUA e pelos contatos chineses com o atual governo palestino.Na quarta-feira, Olmert deve se reunir com o primeiro-ministro chinês, Wen Jiabao, e com o ministro de Comércio, Bo Xilai. Na quinta-feira haverá um encontro com o presidente da China, Hu Jintao, confirmou o porta-voz.O líder israelense chega à China uma semana depois da visita ao país de Ali Larijani, diretor do Conselho de Segurança Nacional iraniano e negociador de seu país na crise sobre o programa nuclear. A China exigiu "uma resposta séria" do Irã às sanções impostas pela ONU.O fortalecimento das relações comerciais também é um ponto importante na agenda do primeiro-ministro israelense. Em 2005, o comércio bilateral chegou a US$ 3 bilhões e Olmert espera, este ano, superar os US$ 5 bilhões.A China é hoje um importante parceiro comercial de Israel, que exporta tecnologia civil, principalmente para software, equipamentos eletrônicos, satélites, agricultura e energia solar. Os EUA criticam o intercâmbio, por causa das exportações de armas e tecnologia militar.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.